quinta-feira, 29 de setembro de 2016

7 Fotos Antigas sobre os Palheiros de Esmoriz

Na sequência do artigo anterior que motivou já inúmeras visualizações, partilhamos agora fotografias antigas (então publicadas por Joaquim Fernando Reis no seu álbum do Google Documentos) sobre os palheiros que, ao longo dos tempos, perduraram na Cidade de Esmoriz.
É verdade que hoje nos entristece constatar que a nossa terra apenas conserva condignamente cerca de meia dúzia de palheiros à beira-mar, privilegiando as grandes construções em altura. Essa realidade (agora irreversível) é uma negação histórica e arquitectónico daquilo que Esmoriz fora noutros tempos em que congregara dezenas de palheiros. 
A urbanização desmedida, sem critério ou qualquer espécie de padrão, esconde e quase omite aquelas construções palafíticas que foram a essência secular da comunidade que vivia junto à Praia de Esmoriz.
Foram naqueles palheiros que viveram inúmeras famílias de pescadores. Ali se guardavam igualmente as redes bem como o restante material de pesca. 
Pensamos que esta tradição deve ser salvaguardada através de protocolos que permitam a preservação dos poucos palheiros "sobreviventes".




Imagem nº 1 - Dois palheiros erguidos no vasto areal esmorizense.
Foto datada do ano de 1907




Imagem nº 2 - Em pleno Verão, as romarias traziam alegria ao povo que se divertia junto aos palheiros.
Foto datada do ano de 1907




Imagem nº 3 - Um palheiro repleto de pessoas concentradas no respectivo varandim.
Foto datada do ano de 1908




Imagem nº 4 - Um "aglomerado" de palheiros junto às dunas de Esmoriz.
Foto datada do ano de 1938




Imagem nº 5 - Arte Xávega e Palheiros - duas tradições que foram irmãs no desenvolvimento de Esmoriz.
Foto datada do ano de 1958




Imagem nº 6 - Uma mulher adulta e duas crianças encostadas à parede da sua moradia. Estariam a preparar-se para a fotografia?
Foto datada do ano de 1952




Imagem nº 7 - Um cidadão vareiro vagueia em torno da sua presumível habitação.
Foto datada do ano de 1958

Nenhum comentário:

Postar um comentário