domingo, 10 de junho de 2018

Insolitus Esmorizensis

Alguém decidiu "enforcar" o vulto que estava ao leme do barco de Arte Xávega que constitui talvez o monumento mais atractivo da cidade de Esmoriz. Mas não se assuste. A obra de arte permanece intacta, a diferença é que alguém decidiu meter uma corda em torno do "pescoço" de uma das figuras que parecia estar a comandar uma eventual entrada no alto mar (penso que é esse momento que surge retratado neste património então concebido pelo artista Rui Anahory e que fora inaugurado em 1997).
Seguem-se duas fotos da nossa autoria (clicar em cima para visualizar melhor).








Nenhum comentário:

Postar um comentário